Categorias

Conselhos do fundador
Conselhos do fundador

Confira como criar um pitch deck pre-seed eficiente para conseguir fundos

Veja aqui os cinco principais erros cometidos pelos fundadores em pitch decks pre-seed e nossas orientações, baseadas em dados, para corrigi-los.

O pitch deck para investidores é um dos documentos mais importantes da sua empresa. Embora deva levar algum tempo para elaborar um bom pitch deck, você não precisa começar do zero. Fizemos uma extensa pesquisa sobre o que os investidores realmente querem ver em um pitch deck (baixe aqui nosso relatório de pesquisa de arrecadação de fundos pre-seed). Com base na pesquisa, encontramos 11 critérios que têm um impacto significativo sobre se o pitch deck resultará em uma reunião e, com sorte, em uma proposta de termos.


Também com base em nossa pesquisa de captação de recursos, reunimos alguns dados científicos por trás de uma arrecadação bem-sucedida em estágio inicial, compilando-os em 2 recursos:

🧬 Um guia passo a passo de pitch deck
🎨 Dois modelos de pitch decks (pre-seed e seed)

Baixar o guia e os modelos


Depois de analisar milhares de pitch decks, descobrimos que muitos deles repetem os mesmos erros. Muitas apresentações não oferecem detalhes suficientes sobre a equipe ou confiam demais no produto. Esses aspectos dificultam a vida do investidor na hora de coletar as informações necessárias em seu pitch deck.

Estes foram os cinco principais erros que observamos. Veja como corrigi-los:

Algumas regras básicas para não esquecer

Mantenha a concisão.

Toda a nossa pesquisa descobriu que os investidores gastam menos de 3,5 minutos, em média, em cada pitch deck pre-seed. Não é tempo suficiente para que absorvam informações sobre quem é você e o que sua empresa faz. Mas lembre-se: seu pitch deck não é para garantir o investimento, é para conseguir uma reunião. Você terá tempo suficiente nas reuniões do Zoom para se aprofundar em aspectos específicos da empresa. A função do pitch deck nada mais é que convencer um investidor a se reunir com você. Há muitas informações a serem passadas nesse curto tempo, por isso, é essencial aproveitá-lo ao máximo. Descobrimos que a melhor maneira de conseguir isso é com um pitch deck de 20 páginas que segue uma narrativa clara (o que será mostrado abaixo).

(Também analisamos alguns exemplos famosos de pitch deck da fase seed para indicar o que eles têm de bom e onde precisam melhorar. Consulte esses exemplos aqui).

Relacione sempre tudo ao problema e à sua solução.

O slide com o problema é, na verdade, o ponto crucial do seu pitch deck. Ele aparece primeiro e define todo o restante da narrativa. Use-o como um guia para definir: quais aspectos do seu produto destacar, como apresentar o modelo de negócios e quais informações incluir no slide da equipe. Todos os elementos precisam mostrar como sua equipe e sua empresa lidam com o problema apresentado.

Não se esqueça: você está contando uma história.

Seu pitch deck deve ter um arco narrativo. Embora façamos a recomendação de um esboço, nem sempre ele será perfeito para todos os pitch decks. Caso tenha uma equipe incrivelmente experiente, comece dando destaque a ela. Se o ponto forte da sua empresa for clientes notáveis ou diversos usuários ativos diariamente, posicione essas informações antes de outros slides financeiros ou da concorrência. Desenvolva uma narrativa que realce os pontos fortes da sua empresa. Ouvimos Robbie Crabtree, advogado de litígios e coach de storytelling para fundadores, sobre a arte da narrativa com a habilidade da brevidade ao apresentar o pitch deck da sua startup durante a captação de recursos.

Pratique seu pitch de vendas para conhecê-lo bem

Se você encontrasse um estranho (não técnico) na rua e ele perguntasse o que você faz, como você descreveria? Ou como você descreve sua empresa para seus pais? Embora costumasse ser praxe ter sempre disponível um pitch “de elevador”, caso você se encontrasse conversando com investidores, na verdade ele pode ser útil na elaboração do pitch deck. O pitch "de elevador" será a espinha dorsal do pitch deck. A partir dele você pode começar a desenvolver a narrativa e criar os slides.

1. "Seu problema e por que agora?" não estão claramente definidos

Porcentagem de pitch decks pre-seed que incluem isso: 92%
Número médio de páginas: 1,9

Em nossa pesquisa pré-seed, descobrimos que 92% dos pitch decks de sucesso em todo o mundo, e 100% na Costa Oeste dos EUA, continham um slide que explicava o problema que o produto ou a empresa se propunha a resolver. Quer dizer: isso é importante. O slide do problema é um dos dois pilares principais de um bom pitch deck. Se você não consegue definir claramente o problema que sua empresa pretende solucionar, é hora de dar um passo para trás e reavaliar seus negócios.

Embora você deva se empenhar para refinar a maneira como explicar o problema que está solucionando, essa tarefa não precisa, nem deve ser, complexa. De acordo com as pesquisas recentes, os pitch decks de sucesso gastaram em média 1,8 slides no problema que estão resolvendo. Invista na concisão e na clareza.

A parte mais desafiadora de expressar o problema, e a maior barreira à entrada de alguns investidores, é explicar por que o problema precisa ser resolvido agora. Além de dedicar tempo para encontrar uma resposta perfeita, você também precisa reservar um slide inteiro para ela no pitch deck.

O segredo é garantir que o slide “Por que agora?” não seja simplesmente um slide “Por quê?”. Todo o pitch deck tem como objetivo explicar por que os investidores devem considerar sua empresa como um investimento que vale a pena, portanto, use esta seção para impulsionar a urgência e eliminar quaisquer motivos que possam ter para adiar o investimento. Use todos os dados possíveis para explicar que o mercado atual se beneficiaria com a entrada da sua empresa.

2. Você tem muitos slides sobre o produto ou não tem o suficiente

Porcentagem de pitch decks pre-seed que o inclui: 86%
Número médio de páginas: 2,7

É fácil confundir esta seção com os slides da Solução. Mas esta seção é para mostrar aos investidores o que você está realmente construindo, seja capturas de tela, simulações, um protótipo ou um produto acabado.

Não há necessidade de muitos detalhes aqui. Nas pesquisas pre-seed, descobrimos que os fundadores usaram uma média de 2,8 slides nesta seção. Lembre-se de que a seção Produto ainda deve se relacionar ao Problema, ela é a manifestação da Solução. Sendo assim, quais são os recursos específicos do seu produto que pretendem abordar diretamente o problema? Mostre-os, mas não entre agora nos detalhes minuciosos de como funcionam. Se os investidores quiserem saber, eles vão perguntar, e você poderá fornecer essas informações.

3. Você não está realçando seu ponto forte

Porcentagem de pitch decks pre-seed que incluem isso: 59%
Número médio de páginas: 1,7

A seção Ponto forte pode parecer diferente dependendo do estágio em que sua empresa se encontra. Demonstrar sinais precoces de que o seu produto efetivamente resolve o problema é fundamental para atrair a atenção dos investidores. Segundo nossa pesquisa, cerca de 60% das empresas incluem esta seção nos pitch decks que elaboram. Não se trata necessariamente de dados financeiros (há uma seção dedicada a eles). O ponto forte pode incluir clientes atuais, cotações de clientes ou até mesmo cartas de intenções.

O foco da seção Ponto forte deve evidenciar o diferencial da sua empresa em relação a terceiros. Certamente, os investidores levam em conta o estágio atual da empresa, por isso, honestidade é fundamental, mas não deixe de priorizar a viabilidade da sua ideia.

4. Você não está mostrando como a equipe certa foi formada para solucionar o problema

Porcentagem de pitch decks pre-seed que incluem isso: 93%
Número médio de páginas: 1,4

Embora a grande maioria dos pitch decks inclua o slide Equipe, vemos muitos fundadores economizando nas informações disponibilizadas.  Da mesma forma que você busca construir uma relação de confiança com os investidores certos, eles também precisam conhecer as pessoas com quem possivelmente vão trabalhar a longo prazo. Além disso, eles também querem saber especificamente por que você deve administrar esta empresa. Este é um slide em que os investidores passam muito tempo, perdendo apenas para Dados financeiros e Metas de captação de recursos (O pedido). Capriche nas informações.

Pesquisas anteriores mostraram que a contagem média de palavras do slide Equipe é quase o dobro da dos outros slides, e tudo bem. Este slide deve incluir itens como foto, nome, cargo e descrição da experiência de cada membro fundador, destacando como essa experiência se relaciona especificamente à empresa e à função que cada um desempenha. Para facilitar uma investigação mais abrangente dos investidores, inclua links para os perfis do LinkedIn de cada pessoa da equipe.

5. Seu modelo de negócios ainda não está totalmente definido

Porcentagem de pitch decks pre-seed incluem isso: 88%
Número médio de páginas: 2,8

Os investidores sabem que o modelo de negócios apresentado em seu pitch deck provavelmente precisará de ajustes quando a operação no mundo real começar, mas isso não significa que você não deva apresentar algo realista. Não basta simplesmente responder à pergunta básica: “Como você vai ganhar dinheiro?”, você precisa também mostrar o tipo de cliente que almeja.

Você não precisa dedicar muitos slides para isso. Na verdade, se você usar mais de três slides para explicar com sucesso seu modelo de negócios, provavelmente precisará fazer alguns ajustes na forma de monetização. Isso não significa que um slide com a estrutura de preços seja suficiente. Inclua as principais métricas econômicas unitárias da empresa, seu público-alvo (você é B2B ou D2C?) e informações sobre o plano de entrada no mercado, que mostram como você alcançará esse público.

Relatório de pesquisa pre-seed

Baixar o relatório

Agora, trabalhe na narrativa.

Lembre-se, trata-se de uma história. Depois de organizar todas as partes do seu pitch deck, analise com a máxima objetividade. Existe alguma parte em que a ordem das informações pode ser adaptada para maior clareza? O volume das informações incluídas exige algum esforço dos investidores para entender o que está acontecendo no pitch deck? Embora recomendemos enfaticamente seguir a ordem das etapas acima, cada pitch é único, e os aspectos mais importantes a lembrar são: 1) seu problema e sua solução devem reverberar em todo o pitch deck e 2) tudo deve ser claro, conciso e seguir uma lógica. Não perca o precioso tempo dos investidores deixando-os confusos. Se tiver algo sem explicação, explique, mas seja breve. Se um gráfico for desnecessário ou não ajudar na transmissão clara da informação, descarte-o. Os investidores não precisam ver nada que não agregue valor.

As informações que você compartilha no pitch deck devem ter uma lógica e você deve tentar otimizá-lo e enriquecê-lo com informações úteis, novas e relacionadas ao propósito e à narrativa da empresa.

Chegou a hora de enviar seu pitch deck pre-seed aos investidores?

Seu pitch deck está pronto para os investidores? Os fundadores em estágio pre-seed e seed podem se inscrever na Rede de arrecadação de fundos do DocSend para receber feedbacks sobre o pitch deck e ampliar o alcance em nossa rede de investidores notáveis. Começar com a Rede de arrecadação de fundos do DocSend.